domingo, 24 de julho de 2011

"À Descoberta do Amor"... Poema de Mahatma Gandhi


Pintura de Ron Hicks


À Descoberta do Amor


Ensaia um sorriso
e oferece-o a quem não teve nenhum.

Agarra um raio de sol
e desprende-o onde houver noite.

Descobre uma nascente
e nela limpa quem vive na lama.

Toma uma lágrima
e pousa-a em quem nunca chorou.

Ganha coragem
e dá-a a quem não sabe lutar.

Inventa a vida
e conta-a a quem nada compreende.

Enche-te de esperança
e vive à sua luz.

Enriquece-te de bondade
e oferece-a a quem não sabe dar.

Vive com amor
e fá-lo conhecer ao Mundo.


(Mahatma Gandhi)
 




Pensamentos e Citações


"Para quem sabe amar bem, nada é impossível" 

(Pierre Corneille)


- A qui sait bien aimer, il n’est rien d’impossible 
- "MEDEE", in: "Théatre de P. Corneille: avec les commentaires de Voltaire", volume 3 - página 104; Por Pierre Corneille, Voltaire, Fontenelle (Bernard Le Bovier), William Shakespeare, Thomas Corneille, Jean Racine, Georges de Schudéry; Publicado por Ches Bossange, Masson et Besson, 1797


Pierre Corneille

Pierre Corneille, mais conhecido por Corneille (Rouen, 6 de junho de 1606 — Paris, 1 de outubro de 1684) foi um dramaturgo de tragédias francês. Ele foi um dos três maiores produtores de dramas na França, durante o século XVII, ao lado de Molière e Racine
Era chamado de "fundador da tragédia francesa", e escreveu peças por mais de 40 anos.


"A razão e o amor são eternos inimigos."

(Pierre Corneille)


- La raison et l'amour sont ennemis jurés
 - "La Veuve" (1634) in: "Oeuvres de P. Corneille: avec les commentaires de Voltaire", volume 1 - Página 266; de Pierre Corneille, Thomas Corneille, Voltaire, Jean Racine, Charles Palissot de Montenoy, Gabriel-Henri Gaillard, Scudéry (Georges), Fontenelle (Bernard Le Bovier), Jean Michel Moreau - Publicado por A.A. Renouard, 1817


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...