terça-feira, 22 de maio de 2012

"Sempre" - Poema de Pablo Neruda


Pintura de Gleb Goloubetski



Sempre 


Ao contrário de ti 
não tenho ciúmes. 

Vem com um homem 
às costas, 
vem com cem homens nos teus cabelos, 
vem com mil homens entre os seios e os pés, 
vem como um rio 
cheio de afogados 
que encontra o mar furioso, 
a espuma eterna, o tempo. 

Trá-los todos 
até onde te espero: 
estaremos sempre sozinhos, 
estaremos sempre tu e eu 
sozinhos na terra 
para começar a vida. 


Pablo Neruda, 
in "Poemas de Amor de Pablo Neruda"



Pintura de Gleb Goloubetski



"A poesia tem comunicação secreta com o sofrimento do homem."


(Pablo Neruda)



Pintura de Gleb Goloubetski



"Nem acredites se pensas que te falo: palavras são meu jeito mais secreto de calar." 


(Lya Luft)



Pintura de Gleb Goloubetski



"A neve e as tempestades matam as flores, mas nada podem contra as sementes."


(Khalil Gibran)


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...