quinta-feira, 12 de julho de 2012

"Horas Rubras" - Poema de Florbela Espanca


Pino Daeni, "Dreams"



Horas Rubras


Horas profundas, lentas e caladas 
Feitas de beijos sensuais e ardentes, 
De noites de volúpia, noites quentes 
Onde há risos de virgens desmaiadas… 

Ouço as olaias rindo desgrenhadas… 
Tombam astros em fogo, astros dementes. 
E do luar os beijos languescentes 
São pedaços de prata pelas estradas… 

Os meus lábios são brancos como lagos… 
Os meus braços são leves como afagos, 
Vestiu-os o luar de sedas puras… 

Sou chama e neve branca misteriosa… 
E sou talvez, na noite voluptuosa, 
Ó meu Poeta, o beijo que procuras. 






Pino Daeni 


Giuseppe Dangelico Daeni, consagrado ilustrador e pintor impressionista, nasceu em Bari, Itália no dia 8 de Novembro de 1939, e faleceu em 25 de maio de 2010, vítima de cancro. 

Pino Daeni iniciou seus estudos no Instituto de Arte de Bari e, em 1960 e completou-os na Academia de Brera, em Milão, Itália. Foi profundamente influenciado pelos pré-rafaelitas e Macchiaioli e após uma breve experimentação expressionista, voltou às suas raízes, encontrando inspiração nas obras de artistas impressionistas, como Sargent, Joaquin Sorolla e Giovanni Boldini. 

A arte de Pino remete-nos a sentimentos de amor, família, calor e nostalgia. As suas pinturas têm, frequentemente, como tema praias vibrantes e ensolaradas, típicas do mediterrâneo, onde o artista nasceu e cresceu. Muito delicadas, em tons quentes e suaves, as suas obras destacam com mestria toda a nostalgia da mulher, expondo toda a beleza, sensualidade, romantismo e elegância feminina. Pino é admirado pela sua capacidade excepcional de capturar os movimentos e expressões das suas personagens, na maioria belas mulheres e crianças. Por isso é requisitado em muitos lugares para fazer retratos. Pode-se dizer que o Impressionismo, técnica de pintura que caracteriza as telas de Pino Daeni, consiste na utilização de pinceladas vibrantes, de cores puras, diretamente na tela, de modo a obter a fusão dos tons nos olhos do expectador em vez de se misturarem na tela.

Após ter-se consagrado como um artista bem sucedido na sua terra natal, em 1971, decidiu ir em busca de mais liberdade artística e oportunidades. Emigrou para os Estados Unidos e estabeleceu-se com a família em Nova Iorque, onde se destacou como ilustrador de livros (romances de Danielle Steele e Amanda Ashley, entre outros). Produziu cerca de 3000 capas, cartazes de filmes e ilustrações para revistas. Em 1992 voltou a dedicar-se à pintura e fez diversas exposições em importantes galerias americanas. 



Pintura de Pino Daeni


Pino Daeni, "Evening out"


Pino Daeni, "Suite desire"


Pino Daeni, "A Soft Place In My Heart"


Pino Daeni, "A Place In My Heart"


Pino Daeni, "Ballgown"


Pino Daeni, "Dreaming in Color"


Pino Daeni, "Everlasting Beauty"


Pino Daeni, "Esther"


Pino Daeni, "Anticipation"


Pino Daeni, "At the balcony"


Pino Daeni, "Tuscan Noon"


Pino Daeni

Pino Daeni, "White Sand, 2001"


Pino Daeni


Pino Daeni, "Chimney Sweep"


Pino Daeni, "Gypsy, 2002"


Pino Daeni,"Almost Ready"


Pino Daeni,"Dressing table"


"De tudo que uma mulher pode ser, o que mais me encanta, delira, e me faz querer, é a feminilidade."

(Pino Daeni )


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...