sexta-feira, 24 de agosto de 2012

"O que Alguém disse" - Poema de Florbela Espanca


The Love Letter, 1834 de Thomas Sully (1783-1872)



O que Alguém disse


"Refugia-te na Arte" diz-me Alguém 
"Eleva-te num voo espiritual, 
Esquece o teu amor, ri do teu mal, 
Olhando-te a ti própria com desdém. 

Só é grande e perfeito o que nos vem 
Do que em nós é Divino e imortal! 
Cega de luz e tonta de ideal 
Busca em ti a Verdade e em mais ninguém!" 

No poente doirado como a chama 
Estas palavras morrem… E n’Aquele 
Que é triste, como eu, fico a pensar… 

O poente tem alma: sente e ama! 
E, porque o sol é cor dos olhos d’Ele, 
Eu fico olhando o sol, a soluçar…





Thomas Sully, in 1869


Thomas Sully (19 de junho de 1783 - 05 de novembro de 1872), filho dos atores Matthew Sully e Chester Sarah, foi um famoso pintor, mais conhecido como retratista.
Thomas Sully nasceu em Horncastle, Lincolnshire, Inglaterra. Em março de 1792, seus pais e os nove filhos imigraram para Richmond, Virginia. Dois anos mais tarde estabeleceram-se em Charleston, South Carolina. Em 1809 Thomas Sully viajou para Londres onde estudou nove meses com Benjamin West. O seu nível de realização pictórica cresceu dez vezes. De volta para casa, foi aclamado como o melhor retratista da Filadélfia e um dos melhores do país. 
Era um artista afável e equilibrado conseguindo seus negócios de uma maneira digna de um retratista de sucesso. A sua carreira disparou numa trajetória ascendente em que a sua pintura era requisitada por célebres figuras públicas, bem como os cidadãos mais eminentes e elegantes particulares das proximidades. Ele foi especialmente conhecido por seus retratos altamente envolventes e lisonjeiro das mulheres.
Sully morreu na Filadélfia em 5 de novembro de 1872, onde passou a maior parte de sua longa e bem sucedida carreira. Ele está enterrado no Cemitério Colina Laurel. O seu livro "Dicas para jovens pintores" foi publicado após sua morte.
Seu filho, Alfred Sully, foi um general de brigada do Exército da União durante a Guerra Civil Americana. Através de Alfred, ele é o bisavô de Ella Deloria e o trisavô de Vine Deloria, Jr., autor de Custer morreu por seus pecados (1969), um americano pelos direitos civis indianos.
Sully era tio-avô do arquiteto também chamado Thomas Sully (1855-1939).

Obras:
Sra. Edward Hudson, Detroit Institute of Art, 1814. 
Chapéu rasgado, Museu de Belas Artes, Boston, 1820.
Thomas Alston, National Gallery of Art, 1826.
Irmãs Walsch, Speed ​​Art Museum, 1834-8135.
As crianças Baird, Hollis Taggart Galerias, 1836-1845.
Rainha Victoria, Metropolitan Museum of Art, 1838.
Alfred Sully, Museu de Belas Artes de San Francisco, 1839.
O reverendo Thomas Stockton, Museu de Belas Artes de San Francisco, 1843.
Irmãs Coleman, Galeria Nacional de Arte, 1844.
Retrato de Patrick Henry, na Virgínia Historical Society, 1851.
Thomas Jefferson, American Philosophical Society, Hall Filosófico, Filadélfia, 1856.
Rembrandt Peale, Museu de Belas Artes de San Francisco, 1859.



Sheet of Figure Studies by Thomas Sully



Thomas Sully, Portrait of the Artist, 1821 (autorretrato)


Portrait of the artist painting his wife by Thomas Sully


Portrait of Elizabeth McEuen Smith, 1823, by Thomas Sully


The Torn Hat by Thomas Sully, 1820


Portrait of the Misses Mary and Emily McEuen by Thomas Sully, 1823


Portrait of Fanny Kemble, by Thomas Sully, 1834


Jared Sparks by Thomas Sully, 1831


Mother and Son by Thomas Sully, 1840, oil on canvas


Cinderella at the Kitchen Fire, by Thomas Sully, 1843


The Passage of the Delaware byThomas Sully, 1819


Gypsy Maidens by Thomas Sully, 1839, watercolor



“A felicidade é simplesmente uma questão de luz interior.”

(Henri Lacordaire)


Retrato de Henri Dominique Lacordaire
pintado por Théodore Chassériau, c. 1840.


Henri Lacordaire, de seu nome completo Jean-Baptiste-Henri Dominique Lacordaire, foi um religioso dominicano, nascido a 2 de maio 1802 em Recey-sur-Ource (Côte-d'Or, Borgonha), e falecido a 21 de novembro 1861 em Sorèze (Tarn). Foi padre, jornalista, educador, deputado e académico, sendo considerado como um percursor do catolicismo moderno e restaurador em França da Ordem dos Pregadores.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...