sábado, 29 de setembro de 2012

"Amigos" - Poema de Vinícius de Moraes


John George Brown, (Durham, Inglaterra, 11 de novembro,
 1831 – Nova Iorque, EUA, 08 de fevereiro de 1913)



Amigos 


Tenho amigos que não sabem
o quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes
devoto e a absoluta
necessidade que tenho deles.

A amizade é um sentimento mais
nobre do que o amor,
eis que permite que o objeto dela
se divida em outros afetos,
enquanto o amor tem intrínseco o ciúme,
que não admite a rivalidade. 

E eu poderia suportar,
embora não sem dor,
que tivessem morrido todos os
meus amores, mas enlouqueceria
se morressem todos os meus amigos!

Até mesmo aqueles que não percebem
o quanto são meus amigos e o quanto
minha vida depende de suas existências ....
A alguns deles não procuro, basta-me
saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir
em frente pela vida.

Mas, porque não os procuro com
assiduidade, não posso lhes dizer o
quanto gosto deles.
Eles não iriam acreditar.
Muitos deles estão ouvindo esta crónica
e não sabem que estão incluídos na
sagrada relação de meus amigos.

Mas é delicioso que eu saiba e sinta
que os adoro, embora não declare e
não os procure.
E às vezes, quando os procuro,
noto que eles não tem
noção de como me são necessários,
de como são indispensáveis
ao meu equilíbrio vital,
porque eles fazem parte
do mundo que eu, tremulamente,
construí e se tornaram alicerces do
meu encanto pela vida.

Se um deles morrer,
eu ficarei torto para um lado.
Se todos eles morrerem, eu desabo!
Por isso é que, sem que eles saibam,
eu rezo pela vida deles.
E me envergonho,
porque essa minha prece é,
em síntese, dirigida ao meu bem estar.
Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos
sobre alguns deles.

Quando viajo e fico diante de
lugares maravilhosos, cai-me alguma
lágrima por não estarem junto de mim,
compartilhando daquele prazer ...
Se alguma coisa me consome
e me envelhece é que a
roda furiosa da vida não me permite
ter sempre ao meu lado, morando
comigo, andando comigo,
falando comigo, vivendo comigo,
todos os meus amigos, e,
principalmente os que só desconfiam
ou talvez nunca vão saber
que são meus amigos!

A gente não faz amigos, reconhece-os.

 (Vinícius de Moraes)




Biografia de Vinícius de Moraes
Vinícius de Moraes em 1970

Vinícius de Moraes (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913 — Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, dramaturgo, jornalista, poeta e compositor brasileiro. 
Poeta essencialmente lírico, também conhecido como "poetinha", apelido que lhe teria atribuído Tom Jobim, notabilizou-se pelos seus sonetos. Conhecido como um boémio inveterado, fumante e apreciador do uísque, era também conhecido por ser um grande conquistador, casando-se por nove vezes ao longo de sua vida. 
Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, Vinícius de Moraes teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell, João Gilberto, Chico Buarque e Carlos Lyra.

Ver Biografia em (http://www.releituras.com/viniciusm_bio.asp)



“- Quer? Então faça acontecer, porque a única coisa que cai do céu é a chuva”.

(Vinícius de Moraes)


Pintura de John George Brown 






Biografia de John George Brown
John George Brown

John George Brown (Durham, Inglaterra, 11 de novembro, 1831 – Nova Iorque, EUA, 08 de fevereiro de 1913) foi um pintor retratista  inglês/americano. 
Filho de um advogado pobre, começou a trabalhar aos catorze anos como cortador de vidro,  em Newcastle-on-Tyne, Inglaterra, durante sete anos. John Brown estudava à noite com William Bell Scott na Escola de Design (1849-1852).
De 1852 a 1853 trabalhou na “Glass Works Holyrood”, em Edimburgo, Escócia, estudando à noite na Academia de Curadores, com Robert Scott Lauder.
 Em 1853, Brown passou o verão em Londres, onde pintou alguns retratos antes de emigrar para a América em 24 de setembro, chegando a Nova Iorque em seu vigésimo segundo aniversário. Instalou-se no Brooklyn com o intuito de encontrar trabalho na “Brooklyn Flint Glass Company”, onde ele impressionou um dos proprietários da empresa, William Owen, com sua habilidade. Durante este período, Brown assistiu às aulas gratuitas oferecidas na “Art Graham School” e, posteriormente, estudou com Thomas Seir Cummings na Academia Nacional de Desenho.
Em 1855, Brown casou-se com a filha de William Owen e com o apoio dele, abriu um estúdio como pintor de retratos.
Em 1859, Brown foi um dos membros fundadores da Sociedade de Arte do Brooklyn e, em 1861, membro fundador da Associação de Arte do Brooklyn. Mudou-se para Nova Iorque em 1861.
Brown começou  a expor na Academia Nacional em 1858, uma prática anual (à exceção de 1871) até sua morte. Foi eleito associado da Academia em 1861, membro de pleno direito em 1863, e serviu como seu vice-presidente de 1899 a 1904. Depois de dedicar-se às cenas de género (crianças de rua de Nova York) na década de 1860, ele logo se tornou famoso e rico, com muitas de suas pinturas reproduzidas comercialmente como cromolitografias ou reproduções fotográficas. Estas representações de crianças por Brown e outros artistas foram especialmente populares após a guerra civil, com um público para quem a criança simbolizava a inocência perdida e sua esperança no futuro do país. 
Em 1867 foi eleito um dos membros fundadores da Sociedade Americana de Aquarela e foi seu presidente de 1887 a 1904.
Brown e o negociante de arte, João Snedecor, viajaram para a Europa em 1870, visitando Londres e Paris. 
Morreu de pneumonia em Nova Iorque, em 08 de fevereiro de 1913.


Pintura de John George Brown


"Enquanto houver um louco, um poeta e um amante 
haverá sonho, amor e fantasia. 
E enquanto houver sonho, amor e fantasia, 
haverá esperança." 

(William Shakespeare)




Evanescence - The Other Side (Video Lyric)

2 comentários:

Lu Oliveira disse...

Olá,
Muito bacana essa postagem, encontrei ela enquanto procurava assuntos relacionados ao Vinicius.
Abraços,
Lu Oliveira
www.luoliveiraoficial.com.br

quadrogiz disse...

Obrigada pela visita.
Gostei também dos seus vídeos de música.
Abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...