terça-feira, 30 de abril de 2013

"O Jardim"... Poema de António Ramos Rosa


Paul Sérusier - O Talismã (1888)



O Jardim 


Consideremos o jardim, mundo de pequenas coisas, 
calhaus, pétalas, folhas, dedos, línguas, sementes. 
Sequências de convergências e divergências, 
ordem e dispersões, transparência de estruturas, 
pausas de areia e de água, fábulas minúsculas. 

Geometria que respira errante e ritmada, 
varandas verdes, direções de primavera, 
ramos em que se regressa ao espaço azul, 
curvas vagarosas, pulsações de uma ordem 
composta pelo vento em sinuosas palmas. 

Um murmúrio de omissões, um cântico do ócio. 
Eu vou contigo, voz silenciosa, voz serena. 
Sou uma pequena folha na felicidade do ar. 
Durmo desperto, sigo estes meandros volúveis. 
É aqui, é aqui que se renova a luz. 





Galeria de Paul Sérusier 
Paul Serusier - Le Tisserand (1888) 


Paul Sérusier - La barrière fleurie, Le Pouldu (1889) 

Paul Sérusier - Printemps au Pouldu (1890)


Paul Sérusier - Ferme au Pouldu (1890)


Paul Sérusier - Solitude (1891)


Paul Sérusier - Ève Bretonne ou Mélancolie, vers 1891, Musée d'Orsay, Paris. 


Paul Sérusier - Laundresses at the River 1892, Musée d'Orsay, Paris


Paul Sérusier - Deux bretonnes sous un pommier en fleurs (1892)


Paul Sérusier - L'averse 1893, Musée d'Orsay, Paris


Paul Sérusier - Boys on a River bank, 1906


Paul Sérusier - Landscape 1912, Musée d'Orsay, Paris



Photo of Paul Sérusier


Paul Sérusier (1864—1927) foi um pintor pós-impressionista francês.
Estudou na Academia Julian e foi monitor na mesma instituição em meados da década de 1880. No Verão de 1888 viajou para Pont-Aven e juntou-se a um grupo de jovens artistas liderados por Paul Gauguin.
Entretanto, em Pont-Aven, o artista pinta O Talismã, sob a supervisão de Gauguin. Sob influência dos dois, formou-se o grupo pós-impressionista Les Nabis. Pierre Bonnard, Edouard Vuillard e Maurice Denis tornaram-se os mais conhecidos do grupo, mas à época, a sua influência no grupo era periférica.
Trabalhou, finalmente, na Académie Ranson e publicou o seu livro ABC de la peinture em 1921.
Paul Sérusier teve uma influência reconhecida na arte pós-impressionista, e é lembrado como um dos grandes pintores vanguardistas franceses do início do século XX e um dos mais influentes na pintura da época, mesmo que ele próprio estivesse bastante influenciado por Gauguin. A sua principal obra, O talismã, reflete essa influência. O seu trabalho, e o dos seus companheiros, antecedeu o fauvismo.


Paul Sérusier - L'Incantation ou Le Bois Sacré (1914)

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...