domingo, 17 de novembro de 2013

"Só eu Sinto Bater-lhe o Coração" - Poema de Miguel Torga


Jack Tworkov (1900-1982), Untitled, 1954



Só eu sinto bater-lhe o coração


Dorme a vida a meu lado, mas eu velo.
(Alguém há de guardar este tesoiro!)
E, como dorme, afago-lhe o cabelo,
Que mesmo adormecido é fino e loiro.

Só eu sinto bater-lhe o coração,
Vejo que sonha, que sorri, que vive;
Só eu tenho por ela esta paixão
Como nunca hei de ter e nunca tive.

E logo talvez já nem reconheça
Quem zelou esta flor do seu cansaço...
Mas que o dia amanheça
E cubra de poesia o seu regaço!


Miguel Torga,
in 'Diário (1946)'




Jack Tworkov, Red Robe, 1947




Jack Tworkov, Portrait of Z. Sharkey




Jack Tworkov, Blue Note, 1959,
Oil on canvas, 79 x 31 3.4 inches,
Private Collection, New York


Bruno Mars - Locked Out Of Heaven



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...