terça-feira, 14 de outubro de 2014

"O Poeta é um Guardador"... Poema de Ana Hatherly


Cruzeiro Seixas, O poeta



O Poeta é um Guardador 


o poeta é um guardador 

guarda a diferença 
guarda da indiferença 

no incerto 
guarda a certeza da voz 



Ana Hatherly, 
in "Um Calculador de Improbabilidades"



Cruzeiro Seixas, Estudo de uma palavra, 1972 


"Eu não me envergonho de corrigir meus erros e mudar as opiniões, porque não me envergonho de raciocinar e aprender." 





Cruzeiro Seixas, Sem título, 1954


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...