domingo, 19 de abril de 2015

"Há um tempo para estar só"... Poema de Rui Caeiro


Sculpture by Michael ParkesAngel of August, 2011



Há um tempo para estar só


Há um tempo para estar só
há um tempo para estar nu
há um tempo que falta para ser
o bastante uma coisa e outra
há um ponto em direção ao tu

que é necessário atravessar e que
é necessário, coragem, minar
e há um ponto sem chão
nem ponte em que só é preciso
abrir os braços e voar


Rui Caeiro (n.1943), 
"O Quarto Azul e Outros Poemas"


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...