domingo, 28 de junho de 2015

"O Corpo Exige" - Poema de Affonso Romano de Sant'Anna


António Neves Porto - Elétrico, Técnica Mista 



O Corpo Exige


Presto distraída atenção ao meu corpo. 
O que me pede, eu faço. 
Às vezes, não entendo logo suas ordens, mas 
cedo sempre. 
Me achego a ele e indago: 
-O que queres? Ah, é isso? Então, concedo. 
Sempre que eu resisti 
um de nós saiu-se mal. 

Nas 24 horas do dia, ele pede, 
e quando cala, fala 
num discurso de sonhos 
que me abala. 

Ele sabe. Eu sei que ele sabe, 
e sabe antes de mim, e nele 
eu sei dobrado, sou um-e-dois 
como os dois cortes de um sabre.





António Zambujo - "Pica do 7"
António Zambujo (Site Oficial) e  Sandra Barata Belo



Amor e Medo


Estou te amando e não percebo,
porque, certo, tenho medo.
Estou te amando, sim, concedo,
mas te amando tanto
que nem a mim mesmo
revelo este segredo.




Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...