domingo, 20 de setembro de 2015

"Família" - Poema de Carlos Drummond de Andrade


Família


Três meninos e duas meninas, 
sendo uma ainda de colo. 
A cozinheira preta, a copeira mulata, 
o papagaio, o gato, o cachorro, 
as galinhas gordas no palmo de horta 
e a mulher que trata de tudo. 

A espreguiçadeira, a cama, a gangorra, 
o cigarro, o trabalho, a reza, 
a goiabada na sobremesa de domingo, 
o palito nos dentes contentes, 
o gramofone rouco toda a noite 
e a mulher que trata de tudo. 

O agiota, o leiteiro, o turco, 
o médico uma vez por mês, 
o bilhete todas as semanas 
branco! mas a esperança sempre verde. 
A mulher que trata de tudo 
e a felicidade. 



 in 'Alguma Poesia'



Almada Negreiros, Duplo Retrato, 1934-36,
óleo sobre tela, 146 cm x 101 cm



"Interroguei-me muitas vezes se uma pessoa tem justificação para negligenciar a sua própria família para lutar por oportunidades para os outros."

in Manuscrito (1975)

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...