quinta-feira, 10 de março de 2016

"Anoitece em Inferno a Minha Casa" - Poema Helga Moreira





Anoitece em Inferno a Minha Casa


Anoitece em inferno a minha casa. 
Fico com este começo de verso 
a serenar a exaltação de não dizer nada. 
Deixem-me com este sorriso a morrer 
por uma sílaba mais real onde um verso 
me sossegue 
com unhas de lama e sangue, 
como garras. 
Anoitece em inferno a minha casa. 
Fica a certeza de não ter fim o que 
de inutilidades se basta, 
ou apenas o instante em que, 
por um verso, eu fui 
à outra parte da casa. 



Helga Moreira, in 'Os Dias Todos Assim'






À pergunta habitual: ''Por que é que escreve?'', a resposta do poeta será sempre a mais curta: ''Para viver melhor.''


Pseudónimo de Alexis Leger


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...