segunda-feira, 27 de junho de 2016

"A folha viva" - Poema de Fiama Hasse Pais Brandão






A folha viva


Mantêm-se o ramo vivo
da verdura. A folha
cai, repõe-se, a copa reverdece,
o seu volume sobe.
Nada é efémero
sob o tom da luz. Tudo
retoma a folha, tem recorte,
o seu pecíolo verde ou outra forma.

Cai a folhagem, tinge todo o chão.
Ou, possuída a terra, ela persiste
e é perene a queda
de uma árvore,
depois o surto,
e tudo convergente, se mantém.


Fiama Hasse Pais Brandão


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...