terça-feira, 3 de janeiro de 2017

"Fogo do Céu" - Poema de Fausto Guedes Teixeira


Abraham Solomon, First Class: The Meeting ... and at First Meeting Loved, 1854



Fogo do Céu


O que mais amo nesta criatura
E que apaixonadamente me traz
Não é a sua grande formosura,
Mas a paixão de que a julguei capaz.

Com tanta duração como ternura
E tão fiel como o supus tenaz,
Dar-me-ia esse amor toda a ventura
Em que hoje creio e não achei p’ra trás.

Quando consigo por acaso vê-la
Vendo os seus braços, lembro o seu abraço.
Vendo-lhe a boca, sonho os beijos dela.

E, enquanto a vida só prazeres segreda,
Seu lindo corpo some-se no espaço
Tomando a forma duma labareda.


(1871 – 1940)


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...