quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

"Tu eras também uma pequena folha" - Poema de Pablo Neruda


Hans Andersen Brendekilde (Danish, 1857–1942), A wooded path in autumn, 1902



Tu eras também uma pequena folha


Tu eras também uma pequena folha
que tremia no meu peito.
O vento da vida pôs-te ali.
A princípio não te vi: não soube
que ias comigo,
até que as tuas raízes
atravessaram o meu peito,
se uniram aos fios do meu sangue,
falaram pela minha boca,
floresceram comigo.





Hans Andersen Brendekilde, L.A. Ring maler ved Aasum Smedje, 1893



"A palavra é uma parte do silêncio e o fogo tem uma metade de frio"

(Pablo Neruda)


Hans Andersen Brendekilde Home for dinner, 1900



''A Verdadeira viagem não está em sair à procura de novas paisagens, mas em possuir novos olhos''

(Marcel Proust)



Hans Andersen Brendekilde, Afternoon work, 1918



"Escritores, meditem muito e corrijam pouco. Fazei as vossas rasuras no vosso próprio cérebro."

(Victor Hugo)



Hans Andersen Brendekilde, On forbidden roads, 1886



"O desgosto é o obscurecimento do espírito e não o seu castigo."

(Khalil Gibran)



Hans Andersen Brendekilde, Tøsne, 1885 



"Se a força faz vencedores, a concórdia faz invencíveis." 

(Provérbio)



Send me a Song - Lisa Kelly

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...