sexta-feira, 10 de março de 2017

"Só raízes e folhas" - Poema de Walt Whitman


Albert Flamm (German painter, 1823-1906), Evening mood at the rhine river



Só raízes e folhas


Só raízes e folhas.
Odores trazidos dos bosques bravios e das margens do lago até aos homens e às mulheres,
Azeda-do-seio e cravos de amor, dedos que se enlaçam mais apertados que trepadeiras,
Jorros das gargantas dos pássaros ocultos na folhagem das árvores enquanto o sol se ergue,
Brisas da terra e do amor que sopram das praias vivas até vós sobre o mar vivo, até vós, ó marinheiros!
Bagas amolecidas pela geada e rebentos de Março oferecidos frescos aos jovens que vagueiam pelos campos quando o inverno termina,
Botões de amor postos à tua frente e dentro de ti, quem quer que sejas,
Botões que vão desabrochar como sempre,
Se trouxeres o calor do sol até eles, hão de abrir para te trazerem forma, cor, perfume,
Se te tornares sustento e humidade, eles vão ser flores, frutos, altos ramos e árvores. 




Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...