sexta-feira, 12 de maio de 2017

"O Caracol e a Lesma" - Poema de Francisco Joaquim Bingre


Ilustração de H. Morindiversos moluscos pulmonados,1893 

Uma versão artística, mas cientificamente incorreta de vários caracóis terrestres europeus e lesmas (uma espécie aqui não é um pulmonata), suas plantas de alimentos e fungos, e um besouro  que come moluscos (parte inferior direita). (Daqui)



O Caracol e a Lesma
(Fábula)


Um caracol retorcido
Com a lesma era casado:
Que negra vida com ela
Não padecia o coitado!

Ele dormia na casca,
Ela pegada à parede;
Um aranhão lhe chupava
A reima, se tinha sede.

Nestes encontros noturnos
Gozavam prazeres mornos:
Ao enroscado marido
Nasceram dois lindos cornos.

Ele escondia-os no búzio,
Envergonhado do sol.
Quantos não conheço eu,
Com frontes de caracol?!


in Obras, volume V, poema 711, 
edição de Vanda Anastácio, Lello Editores, 2003.



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...