terça-feira, 2 de maio de 2017

"O Segredo" - Poema de Lêdo Ivo


Joseph Wright (1734-1797) , Matlock Tor by Moonlight, 1777–1780



O Segredo


Deus não sabe os meus segredos. 
As paredes sem ouvidos não escutam 
a confidência interminável. 
O que perco, ninguém sabe. Dissolve-se em mim, 
luminária secreta, sílaba que os lábios não ousam murmurar 
diante de teu corpo no escuro, 
constelação. 

E o sobejo de mim, último raio de sol, 
fulge no deserto. E nos penhascos 
ressoa 
constelado 
o meu grito de amor. 


 in 'A Noite Misteriosa'



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...