domingo, 4 de junho de 2017

"Matura Idade" - Poema de Lara de Lemos


Adélaïde Labille-Guiard (1749-1803), Self-Portrait with Two Pupils, 1785 



Matura Idade


Já não receio 
meu avesso de medos. 

Distingo as coisas 
em sua proposta exata 
e sei — cada ser 
possui justa medida. 

Já não almejo 
o que me foi negado. 

Prossigo a caminhada 
colhendo o que 
me coube, consoante 
o chão lavrado. 


in 'Adaga Lavrada'


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...