terça-feira, 9 de janeiro de 2018

"Metanáutica" - Poema de Geir Nuffer Campos


David Botha (South African, 1921–1995), Wet street scene, Paarl, 1982



Metanáutica


Deixa-te ser viável como um bosque 
ou jardim ou pomar por onde possa 
ir passando a pessoa pela sombra 
ou pela flor ou pelo fruto ou pela 
singular vocação ambulatória: 
deixa-te ser viável como um rio 
ou lago ou mar por onde possa ir 
passando o navegante ou nadador 
pelo afã de chegar ou pelo puro 
sentir-se em ti flutuante ou imerso: 
deixa-te ser viável como um ar 
por onde possa ir passando a asa 
que como tal se procure ou encontre 
firme ou frágil... Mas bosque ou jardim ou 
pomar ou rio ou lago ou mar ou ar, 
deixa em ti lecionar-se o transeunte 
que viver são instâncias de passar. 


in 'Metanáutica'


David Botha, 'Cecilia Street after the Rain', 1978


"Os acasos só favorecem os espíritos preparados."



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...