domingo, 4 de fevereiro de 2018

"Sabedoria" - Poema de Yeda Prates Bernis


Charles Courtney CurranThe Cabbage Field, 1914


Sabedoria


Aborrecem-me as mulheres de lantejoulas
e as coroadas com tiaras de diamantes.
Nem mesmo invejo as que muito leram
e extraíram dos livros o sumo
da desesperança
ou as que misturaram palavras,
pincéis e pautas
às linhas de suas vidas.

Fascinam-me as mulheres do campo
que acordam de madrugada,
coam café com rapadura
para os maridos e lavram a terra
com enxada, suor e amor,
ou as lavadeiras de beira-rio
quarando suas roupas com canções
e coração:
sábias, não meditam sobre a fugacidade
das horas, fazem de cada instante
a doação perfeita, a morte é sua
verdade sem temência
e suas vidas são plenas
como árvore absorvendo o sol das manhãs.




Charles Courtney Curran, After the Storm, c. 1916-1919, Private collection


"A arte do descanso é uma parte da arte de trabalhar."

(John Steinbeck)


Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...