segunda-feira, 27 de novembro de 2017

"A Ponte de Ferro" - Poema de Yves Bonnefoy


Willem Koekkoek (1839 – 1885), A Morning Walk by a Dutch Canal



A Ponte de Ferro


Existe ainda por certo ao fim de uma longa rua 
Onde andava eu criança um pântano estagnado 
Retângulo pesado de morte ao céu negro. 

Desde então a poesia 
Separou de outras águas suas águas, 
Beleza alguma, ou cor a vão reter, 
Por ferro ela angustia-se e por noite. 

Nutre um longo 
Pesar de margem morta, uma ponte de ferro 
Lançada à outra margem mais noturna ainda 
É sua só memória e só real amor. 


Tradução de Mário Laranjeira



Willem KoekkoekDutch street scene by a canal



"A verdadeira generosidade para com o futuro consiste em dar tudo ao presente."



Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...